A minha mensagem de Natal.

image

Nunca dei muita atenção para datas, até o meu aniversário já esqueci. Eu dizia que a gente tem que ser romântico e carinhoso com nossa mulher todos os dias e não só no dia dos namorados. Natal é a mesma coisa, temos que cuidar da nossa família sempre e não apenas numa data que e Igreja roubou de outras religiões mais antigas.

Meus argumentos até teriam fundamento se eu realmente não fosse negligente com as pessoas que eu amo como estava sendo ultimamente. Mas porque dessa negligência?

Egoísmo, frustração, dificuldade em compreender meus sentimentos e agora, daqui, fica fácil entender o que me levou a tomar atitudes tão insensatas, de magoar tantas pessoas, de me empacar profissionalmente, de fazer tão mal as pessoas que viviam ao meu redor ao ponto delas ficarem feliz com minha distância.

O Natal, apesar de eu falar que não dava muita bola para ele, sempre teve muita importância na minha vida. Me lembro que quando brigava com algum irmão meu, sabia que no natal tudo se resolveria.

Ontem consegui entender o que leva a data do Natal a ser o dia em que mais se cometem suicídios. A energia que envolve o Natal é muito intensa, o carinho da família, cada abraço que recebemos, a casa cheia onde se celebra o Natal é tão envolvida com energia positiva.

Já uma cabana abandonada, sem luz, fria, sem ninguém para te abraçar, depois de um dia cansativo, depois de falar com a família e ver o quanto eles estão sofrendo com sua situação, depois de “tentar” falar com seu filho que está mais preocupado com seus novos brinquedos do que com você, depois de levar um “tiro no meio peito” daquela pessoa que um dia você achou ser a mais importante da sua vida…

A tentação é enorme mas creio que se eu não tivesse um bebe lindo esperando meu retorno, sinceramente não sei como suportaria tudo isso.

Como diz o ditado, “O que não te mata te fortalece”. O dia passou, a noite fria o com ventos que invadiam a casa e não me deixavam dormir foram trocados por um belo dia de sol e com um visual digno do paraíso. Com base nisso tudo deixo minha mensagem.

Valorize as pessoas que te amam SEMPRE! Demonstre seu amor SEMPRE! A vida sozinho é uma droga, ninguém consegue ser feliz só.

Seja forte, ninguém suporta alguém rastejando aos seus pés, fracos são MUITO CHATOS.

Seja COERENTE com seus ideais. Se não gosta de algo ruim que outros fazem, não aja da mesma maneira só porque se encontra numa situação temporária de superioridade. Lembre-se que uma hora pode aparecer alguém com um trator maior que o seu e poderá usá-lo contra você.

PERDOE! Perdoe de verdade uma pessoa, de coração. Ao perdoar apague o que passou e siga a vida dali para a frente. Se você não consegue apagar o passado, é porque você ainda não está pronto para perdoar. O perdão pode fazer parte de um processo, pode ocorrer aos poucos mas se abra a essa possibilidade. A mágoa nos transforma em pessoas frias, insensíveis e cria bloqueios que vão acabar dificultando a nossa felicidade. Perdoar de coração faz bem para todos, alivia a dor do arrependimento do perdoado e ilumina quem perdoou, engrandecendo ainda mais a pessoa.

E CURTA CADA DIA DE SUA VIDA! Tem coisas que você não consegue resolver agora, portanto curta cada dia como se fosse o último. Quando chegar o momento certo você poderá resolver aqueles problemas que estão longe do seu alcance. Viver uma realidade pensando em outra, piora a dor e te cega para oportunidades reais que estão passando a sua frente.

Feita a mensagem, agora cabe a mim tentar seguir meus próprios conselhos. Nada do que escrevi acima é fácil de ser feito. Se fosse não teria saído desesperado para essa viagem e a teria a curtido muito mais do que eu fiz até então. Mas quem disse que viver é fácil?

Portanto um feliz natal para todos, que amem muito, abracem muito e valorize sempre as pessoas que te amam. Esse é meu sincero desejo a todos que me acompanham. Um ótimo natal para vocês.

9 thoughts on “A minha mensagem de Natal.

  1. Pingback: Campanha Bicicletas de Natal, a entrega | O Bicicreteiro

  2. Nirceu

    Caro…. Não te conheço e nunca havia lido esse seu relato acima… Engraçado que vc o escreveu há tanto tempo (2 anos atrás?) e só agora eu li a parada!!!!
    Sou um ciclista experiente e tenho algumas pequenas cicloviagens, mas nada que se compare ao seu enorme projeto de 106 dias pedalando longe de casa. Meu próximo projeto é Jalapão/To… adorei seu relato.. demais mesmo parabéns.
    Tenho 4 filhos e entendo a angústia aflorante em vc na noite do Natal. Seu texto tem um teor de Auto-ajuda e aceito muito do que vc coloca como necessário para ser “feliz” na vida, mas no final das contas discordo de vc de forma muito contundente quanto a não ser possível ser feliz só.
    Em minha solidão (e nossa existência é construída nessa solidão, por mais que nos cerquemos de pessoas ao longo de nossas vidas) percebo meu íntimo relacionamento com o Pai. Emociono-me, reflito sobre a vida e sinto-me totalmente completo, realizado, feliz… muito mais do que quando estou com pessoas… Isso não significa amigo que eu não ame as pessoas (ou pelo menos tenho essa necessidade de amor como ideal máximo de vida), ao contrário, concordo muito com o que vc fala sobre amar as pessoas, valorizar as pessoas e demonstrar nosso amor, mas no silêncio Ele fala e é muito difícil estar e permanecer em silêncio… que bom que vc conseguiu tempos tão profundos de reflexão, solidão e de silêncio. No meu entender não restou solidão ou tristeza dessa noite de Natal. Apenas sua alma estava muito apegada (às pessoas), mas nossa essência é a liberdade e a solidão, por mais que criemos mecanismos de apego (a coisas e/ou pessoas). No final estaremos sempre sozinhos e é nesse momento derradeiro que nos desapegamos de vez de tudo aquilo que nos prende a esse mundinho louco e retornamos aos braços d’Ele, que nos receberá de volta com todo o amor que entregamos às pessoas durante nossas vidas… Paz pra vc…

  3. Pedro Miani

    Sabias palavras! Realmente não é facil seguir esses conselhos mas eles são a melhor forma de se ter uma vida feliz e sem arrependimentos.
    Mesmo que atraso (só li este post hoje) desejo a vc um feliz natal! E vou continuar acompanhando seus post mesmo que eu não comente.
    Se cuida!

  4. Arthur

    André,
    O Natal é uma data religiosa que mexe muito com os sentimentos e emoções. Deixando de lado a característica capitalista dessa data, é muito importante rever alguns parentes e amigos que nos afastamos devido a nossas atribuições do dia-a-dia, imposta por diversos fatores e até mesmo pelo nosso estilo de vida, incluindo o capitalismo…
    Parece então que o Natal é uma data consumista, mas também uma resposta positiva ao “afastamento” provocado pelo capitalismo. Dentro dele há a solução. Assim como essa viagem que está fazendo e ao tempo que está se dando. Está crescendo e aprendendo muito e isso também reflete em nós leitores de seus relatos!

    Espero que consiga alcançar seus objetivos e que a cada pedalada, encontre as repostas que busca.
    Lhe desejo um ótimo Natal e uma maravilhosa passagem de ano!
    Grande abraço.

  5. Marcelo Mig

    André,

    Linda essa sua viagem para fora de seu território habitual e para dentro de sua alma.

    Amigos e admiradores certamente você tem muitos, mesmo que estejam longe fisicamente. Me incluo entre eles.

    Grande abraço!

  6. Juliane Vitor

    Você jamais em sua vida vai estar sozinho mesmo que seja esta a impressão. Passamos por certas coisas na vida que só nos fazem ver a importância que Deus para conseguirmos tudo isto. Não falo de religião porque para mim isto não importa e concordo com você a respeito do significado que tornou o Natal, mas isto também não é importante. Importa agora você saber que buscando a Deus sua caminhada será de muitos menos pedras no caminho e no final TUDO DARÁ CERTO de verdade.

    se cuide e otimo feliz ano novo que está por vir.

    abraços

  7. Camila Oliveira

    “… coisas que só o coração pode entender, fundamental é mesmo o amor, é impossível ser feliz sozinho…”

    Mas principalmente, estar em paz consigo mesmo torna tudo um pouco mais fácil!

    Ótimos dias pra você, um dia de cada vez e construirás o que busca.

    Abração!

  8. JOÃO M.MARQUES/ATLETADEPONTA /disse

    ANDRÉ estou te mapeando sua trajetória ,o espírito de natal mudou o conceito ,é mobilidade pura de consumismo , poder de compras com entuto de natal , fortalece os alicerces dos capitalismo no BRASIL como no UNIVERSO com poder de consumo de classes mais baixa fortalecendo as classes mais alta .natal arcaico era m ais um pouco interessante . DIGO AO BICICRETEIRO QUALIDADE DE VIDA NÃO TEM PREÇO .

  9. Marco Labão

    De toda forma André, momentos como esse que Você está vivendo são únicos e devem ser o Grande aprendizado para nós. Aprender a Viver conosco mesmo é difícil; nos aceitar, aceitar os erros e arquivar os acertos Sempre.
    A solidão é realmente doída, mas jamais estamos só.
    Em frente e para cima, sempre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *