Transformando uma Estradeira numa MTB

image

image
image

Na sequencia de fotos acima fica nítida a versatilidade de uma aro 29. Hoje passei a manhã inteira deixando uns posts no esquema para ir ao ar enquanto estiver no Xingu e tambem esperando a chuva passar, algo que não ocorreu. Aliás o dia de hoje choveu a todo momento.

image

Então preferi ficar aqui em Matupa mais um dia, dando uma geral na bike que também ganhou um novo e sustentável paralamas com o “patrocinio” do refrigerante que mais tomo durante minhas viagens.

image

Vou deixar tudo no esquema e partir cedo, o GPS mostra que daqui até São José do Xingu são 260 kms. Um pessoal de Matupa que pega essa estrada sempre disse que é quase tudo chapadão.

Vamos ver, se o tempo ajudar e conseguir fazer 130 kms por dia, consigo tirar o atraso de hoje. A única coisa que é certa, é que amanhã eu saio, nem que seja de caiaque.

4 thoughts on “Transformando uma Estradeira numa MTB

  1. Luiz Gomes

    Opá, espero que tenha dado tudo certo por ai ao norte, e se puder compra rapadura ajuda manter a energia e é bem barato.
    Estou torcendo pra ti
    Força que esta pode a parte mais delicada da viagem.
    Abraços
    Esta curtindo o livro.

  2. Juliane Vitor

    aqui em SP chove sem parar André, só pra variar um pouco né haha. Não sei os outros mas me faz um bem enorme acompanhar esta sua aventura “de perto”. Força! bjs

    1. bicicreteiro

      Brother, só vou me considerar voltando depois que sair do Jalapao e a seta do GPS começar a apontar para os lados da minha casa. rs.

      E para isso ainda faltam bem uns 1000 kms. Portanto bora pedalar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *