Brompton no Brasil

Hoje fui a uma coletiva sobre o lançamento da Brompton no Brasil. Para quem não conhece, a Brompton é considerada a melhor Folding Bicycle (bicicletas dobráveis) do mundo.

Ao contrário da tendência mundial de produção em larga escala, fábricas na China, etc, a Brompton seguiu o caminho inverso, primando pelo perfeccionismo e pela qualidade. Com uma produção de apenas 30 mil bicicletas por ano, fabrica o mesmo modelo de quadro desde a primeira bicicleta. Tem como objetivo produzir bens para durar a vida inteira, como as “geladeiras” e antigamente.

Obviamente que isso faz com que a bicicleta seja bem mais cara do que as dobráveis convencionais que vemos por aí, até mesmo se ela for comprada em Londres. Soma-se a isso as taxas estúpidas que temos no Brasil, o resultado é num preço bem salgado. Enquanto ela custa, no mínimo 800 libras em Londres, no Brasil ela chegará custando, no mínimo, R$5.000,00 (cinco mil reais).

Mas tudo tem um porem… Uma Brompton é mais que uma bicicleta, a riqueza de detalhes é assombrosa, beiram a perfeição, sem falar na possibilidade de personalização, dificilmente você verá alguém com uma bicicleta parecida com a sua.

Mas com esse preço, no Brasil ela chegará para o público A (e coloca uns “A”s aí). O lado bom é que para os amantes de bicicleta como eu, ficou bem mais fácil de um dia ter uma dessas maravilhas.

Outro lado bom, para quem já gasta uns 5 mil por ano com seguro de carro, o investimento nessa maravilha, que vai durar para a vida toda, é insignificante.

Eu particularmente fico feliz em saber que uma grande marca de bicicletas está querendo investir no Brasil, pena que pela cacetada de impostos a gente não possa comprar essa bicicleta, não ao mesmo preço do Londrino, mas como um americano, mexicano por exemplo. Qualquer país do mundo você consegue comprar essa bicicleta sem ter que deixar o dobro do seu valor para o governo.

Por enquanto ela será mesmo para o público AAA, mas é uma excelente sinalização para que as fábricas nacionais passem a investir nessa linha de dobráveis, até mesmo para podermos atender quem não tem tanta grana assim. Vida longa a Brompton no Brasil e quem sabe um dia não tenhamos uma corrida como essa aqui?

26 thoughts on “Brompton no Brasil

  1. carol gama

    quero presentear meu marido com uma bike dobravel nos proximos dias mas nao encontro site que tenha a DAHON SPEED por menos de 3mil reais (ciclourbano).
    Pretendo gastar no maximo 1500 reais. Qual vc me sugere? pode me indicar um site?
    obrigada!

  2. DL

    Sério que vcs acham que esse preço todo é por causa de imposto? Sério, vamo deixar de inocência gente, o Brasíl é máquina de ganhar dinheiro pro mundo inteiro, enquanto se rala pra ter um lucro de 8% ano em qqr grande empresa, no brasil se não bater 50, 100%, os caras acham que tá errado. Vamo acordar pra vida meu povo, se vc mandar trazer uma brompton e ainda pagar o imposto alfandegário (que não é barato) e a taxa de transporte pra só uma bicicleta que é mais caro, vc consegue preço mais barato.

  3. Renata

    Um amigo vai pra Alemanha. Quero uma dahon speed. Vcs tem alguma dica de onde comprar por lá? Vale o pena?
    Obrigada
    Renata

    1. bicicreteiro

      Oi Renata, não será difícil você encontrar alguma loja de bike da alemanha na internet para conferir o preço. Mas sei que os preços da Brompton são praticamente os mesmos em toda Europa.

  4. Agenor Burla

    Tenho uma Brompton M6L vermelha que uso para ir para todo canto, trabalho, clube e etc. Só tem um problema: A pressão dos pneus é 90 libras e nas nossas ruas de pisos irregulares a bicicletinha quica muito. No mais, ela é rápida, discreta, fica minúscua dobrada e é aceita em tudo quanto é canto, ônibus, elevador, metrô, hotel, restaurante e etc. Outro probleminha é que o sistema de deslocamento fechada foi feito para pisos regulares e nos locais públicos os pisos são horríveis, trazendo um pouco (pouco mesmo) de dificuldade. Mas, no geral, é a melhor solução para bicicleta dobrável para mim.

  5. Luis Ecoturista

    Na Brompton o fato do bagageiro dobrar-se para baixo da bike facilita o transporte, pois ele tem duas rodinhas pequeníssimas (além das rodas normais) que fazem o mesmo papel que as rodinhas de malas. Dá pra levar a bike facilmente em terrenos lisos. Estou comprando uma Dahon Roo D7 seminova, e ela permite usar as 2 rodas (traseira e frontal) durante o transporte, mesmo dobradas. A maioria dos outros modelos não rodam facilmente quando dobradas, pois elas ficam desequilibradas e desengonçadas.

  6. Denis

    Como bicicleta, a Brompton não é melhor que a Dahon. Dobrada, ela é muuuuuuuuuito mais legal. Ela dobra muito mais e realmente fica portátil. A Dahon é bem legalzinha, mas, convenhamos, ela não fica portátil de verdade. A Versatilidade da Brompton é o que justifica a diferença de preço – e justifica mesmo, não tem comparação.

  7. Denis

    Comprei minha Brompton nos EUA, por 1500 dólares. Viajei com ela, usei bem usada, e depois trouxe de volta. Acho que caracteriza assim como “objeto de uso pessoal”, o que me isenta de pagar imposto na entrada do país. (vá saber… Para mim não acendeu a luz vermelha…)

  8. Rodrigo

    Oi amigos, estou vendendo minha Dahon Speed D7 impecável com acessorios e de brinde leva a Carryon Bag (bolsa q fica embaixo do selim para guardar a bike dobrada dentro e entrar no metro/onibus). Estou pedindo 1400,00. Ela nova (e pelada) já passou de 1800 com o dolar alto. contato: rodrigones@gmail.com (9494-3175) Rodrigo.

  9. Rodrigo

    Não sei se as peças de reposição são tão faceis de encontrar não, Ricardo. Tenho uma dahon speed d7 que completou 1 ano mes passado. Adoro a bike, mas ela é bem fragil, passou a garantia. O pedivela comecou a dar problemas e a revenda oficial (freecycle) me disse que não tinham nem o parafuso para trocar e me recomendaram procurar uma bicicletaria. Outro problema que estou enfrentando é que quero deixar a bicicleta com uma relacão mais leve e não existe coroa menor disponível muito menos “chain guard” compatível. O preço não foi tão barato assim não, paguei quase 2 mil reais.

    Se a brompton vier oficialmente pra cá acho que será mais fácil que a dahon de encontrar peças de reposição.

    Abs

    1. Ricardo

      Rodrigo, gostaria muito que você postasse aqui o seu telefone. Estranho essa informação do pe de vela da Dahon. Acho que posso te ajudar a resolver….

      Porque você afirma que será mais facil as peças da Brompton do que Dahon? Pelo que o importador informou já foram comercializadas mais de 7000 unidades de Dahon no Brasil, isso desde 2002…não ouço reclamações sobre pos-venda nem falta de peças desta marca, muito pelo contrário.

  10. Ricardo

    Com R$ 5.000,00 você compra uma DAHON com duas suspensões e 24 marchas. A Brompton tem muita qualidade mas não vejo tanta superioridade assim que jsutifique um preçø tão alto…Se falar que é por causa de uma grife, isso é algo bem subjetivo, Colocar uma ao lado da outra também. Seria mais objetivo dizer quanto ao desempenho x preço. Uma Jetstream Dahon 24 Marchas com duas suspensões (!!!!) custa menos do que esse modelo básico Brompton. Seo falta vocie dizer que a Dahon não presta…

  11. Ricardo

    As Dahons são mais práticas e bem mais econômicas, sem falar nas peças de reposição que são facilmente encontradas. Com o preço de uma Brompton básica (R$ 5.000,00) dá para comprar 3 Dahon Eco 3 D7 e ainda sobra um troco pro capacete e outros acessórios.

    1. bicicreteiro

      A diferença básica da Brompton para a Dahon é que a primeira tem uma riqueza de detalhes e um controle de qualidade que desconheço no mundo da bike. A Brompton é grife, sonho de consumo, é coisa pra quem gosta de bicicleta, quem curte bicicleta. Basta ver uma Brompton e uma Dahon dobrada lado a lado.

      Sim, é realmente mais caro ainda mais com tantos impostos, mas eu ainda terei uma Brompton, nem que seja necessário ir até Londres comprar uma. Aliás, se meus planos de assistir as olimpiadas se concretizarem, volto de lá com uma.

  12. Aldonei de Avila Souza

    Oi pessoal, eu tenho uma Brompton que trousse da Inglaterra. Alguém saberia me dizer onde encontro peças para ela sem ser fora do Brasil? Muito obrigado.

    1. Edu

      se acaso vc não conseguiu achar a loja, eu conheço a ciclourbano.com.br lá vc encontra tudo para a sua brompton.

      Abraços

  13. Gabriel

    É uma pena mesmo pagar o dobro por uma bicicleta dobrável. Eu comprei uma Dahon enquanto morava no Chile, paguei metade do preço de quanto custaria aqui no Brasil. Se bobear sai mais barato pagar uma passagem pro Chile, comprar uma dobrável lá e voltar pro Brasil. Infelizmente acabaram roubando minha bicicleta ( http://nossochilemeu.wordpress.com/2011/01/13/acabaram-de-roubar-nossas-bicicletas/ ) mas o sonho de voltar a ter uma dobrável ainda não acabou.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: