8º DBM São Paulo – inscrições e regras

capadestaque

Inscrições para Desafiantes encerradas. Até o dia 20 de novembro estarão abertas as inscrições para a categoria Praieiro, o ciclista que quer apenas participar do Dia do Desafio, para se inscrever, clique aqui e veja como proceder.

O Desafio Bicicletas ao Mar consiste em percorrer o trajeto de São Paulo a Santos de Bicicleta, no dia 04 de dezembro de 2016, mas existem dois caminhos, vejam abaixo:

Trajeto Oficial: Parque do Povo até o Canal 1 em Santos
Ponto de Encontro: Parque do Povo
Horário: 7h00
Distância: 95 km
Descrição: Trajeto de nível intermediário a avançado, com muitos trechos de subida, pedalando cerca de 55 quilômetros até a chegada a portaria do Parque da Serra do Mar.

Trajeto Alternativo: Ribeirão Pires até o Canal 1 em Santos
Ponto de Encontro: Estação Ribeirão Pires da CPTM
Horário: 8h00
Distância: 52 km
Descrição: Trajeto de nível fácil, com poucas subidas em seu início, na Rodovia Índio Tibiriça, pedalando cerca de 20 quilômetros até a chegada a portaria do Parque da Serra do Mar.

A Categoria Praieiro, obrigatoriamente tem que sair de Ribeirão Pires, para sair do Parque do Povo, é necessária uma autorização especial da organização do evento.

Calendário do 8º DBM São Paulo

20 de outubro – Encerramento das inscrições para Categoria Desafiante

30 de outubro – Entrega dos kits na Rua Morato Coelho, 972, das 10h00 as 17h00

01 de novembro – Início dos treinos noturnos, todas terças e quintas até o dia do Desafio

06 de novembro – Treino Ciclovias e Ciclofaixas

07 de novembro – Abertura das Inscrições Categoria Praieiro

13 de novembro – Treino Templo Zu Lai

20 de novembro – Treino Caieiras

27 de novembro – Treino Mogi das Cruzes (ou São Roque)

04 de dezembro – Dia do Desafio

As Categorias

Desafiantes: 400 vagas

As inscrições se encerraram no dia 19 de outubro

O Desafiante é o ciclista que se proprõe a participar do máximo de treinos que ele puder, para ter condições físicas para realizar o Desafio. O Desafiante desembolsou a quantia de R$10,00 que serviu para custear a placa com seu número e um colete de identificação.

A inscrição em si não é suficiente para garantir sua presença no Desafio, para isso ele deverá atingir uma pontuação mínima (detalhada mais adiante) e pagar a taxa do Parque da Serra do Mar, em torno de 30 reais. Essa taxa ele só terá que pagar caso ele atinja a pontuação mínima.

Praieiros: 300 vagas

O Praieiro é o ciclista que deseja apenas participar do Desafio, sem a necessidade de participar dos treinos. Os Praieiros tem que pagar a taxa mínima de R$90,00, que inclui placa, colete de identificação, a taxa de entrada no Parque da Serra do Mar e apoio no dia do Evento.

O Praieiro pode participar dos treinos para os Desafiantes, mas sabendo que além da sua participação ser facultativa, não haverá o apoio como ocorrerá no dia do Desafio.

Essas inscrições vão até o dia 20 de novembro e podem ser feitas clicando aqui.

Se você só ouviu falar do DBM agora, antes de inscrever,  primeiro leia esse link, se possível assista o vídeo que está nessa página para entender o que é o Desafio Bicicletas ao Mar. Compreendido o que vem a ser, volte para esse post. Minha sugestão é que você assista esse vídeo logo abaixo, pois nele explico de forma mais clara as regras do DBM.

A entrega dos kits dos Desafiantes

Data: 30 de outubro de 2016

Horário: 10h00 as 16h00

Local: Espaço Mixcelania – Rua Morato Coelho, 972 – Vila Madalena

Nesse dia, além da retirada do kit, os participantes deverão assinar um termo de responsabilidade. A inscrição só se dará como confirmada após o recebimento do termo de responsabilidade assinado.

Obs1: quem não retirar o kit nesse dia, deverá entrar em contato para enviarmos o kit mediante ao pagamento de uma taxas de entrega.

Obs2: Ciclistas de outras cidades que tenham Guias cadastrados, deverão retirar os kits com esses guias. Já o procedimento em cidades sem guias será definido caso a caso.

Sobre a cobrança da inscrição

Todos os inscritos receberão uma placa de identificação, para colocar em sua bicicleta (com um número) e os que não comprarem uma camiseta receberão um colete para conseguirmos identificar quem está participando ou não do DBM.

No dia do Desafio, passaremos por dentro do Parque da Serra do Mar, pela Estrada Velha de Santos. Essa estrada fica numa unidade de conservação o parque da Serra do Mar cobra uma taxa de 28 reais por pessoa, mais o gasto com um plano de contingencia e emergência para o dia do Desafio. Essa taxa deverá ser paga pelos Desafiantes apenas se eles atingirem a pontuação mínima necessária. Já a taxa de inscrição dos Praieiros já inclui essa devida taxa.

A obrigatoriedade de participação nos treinos para os Desafiantes

Os treinos sempre foram obrigatórios, menos na 7ª Edição e isso trouxe vários problemas para nós, portanto decidimos retornar a obrigatoriedade dos mesmos, mas com algumas mudanças. A partir do dia 01 de novembro, teremos uma série de 14 treinos, entre noturnos e dominicais, que serão pontuados da seguinte forma:

Treino Noturno: 1 Ponto

Treino Dominical: 3 Pontos

O Desafiante que atingir 5 pontos, terá o direito de participar do DBM pelo caminho de Ribeirão Pires (com 50 km), já quem atingir 12 pontos, poderá fazer o trajeto original do Desafio (94 km). Lembrando que os Praieiros já aprovados pela organização, não terão necessidade de participar dos treinos.

Treinos noturnos descentralizados, em diversas cidades de São Paulo

Em todos DBMs anteriores tivemos um único ponto de partida para os treinos noturnos, o portão 4 do Parque do Ibirapuera, já no 8º DBM vamos tentar descentralizar os treinos. Como temos Guias de todas as zonas da cidade, inclusive de outras cidades da região metropolitana, eles irão puxar treinos noturnos para facilitar a vida de todos os Desafiantes. Lembrando que esses Guias são voluntários e a realização ou não dos treinos vai depender da disponibilidade dos mesmos.

Como também temos Guias de cidades do interior que já participaram de um DBM, eles poderão treinar ciclistas de sua cidade para que eles também consigam pontuação necessária para participar do DBM.

Se na sua cidade não tem nenhum Guia, haverá duas possibilidades. A primeira será participar de um treino dominical que realizaremos. essa participação será suficiente para você participar do Desafio.

A segunda possibilidade será realizando os treinos na sua cidade, pelo nosso aplicativo. nesse caso nós controlariamos seus treinos pelo app e daríamos essa permissão, mas há uma condição. Caso outro ciclista sua cidade também se inscreva, vocês terão que fazer o mesmo treino, dessa forma vocês formariam um grupo do DBM sua cidade.

Detalhe, essa alternativa só vale para cidades que não estejam na região metropolitana de São Paulo, ou seja, ciclistas dessas cidades podem até realizar o treino noturno na sua cidade, já o treino dominical, ele terá que participar do organizado por nós para contar como pontuação o oficial.

Abaixo a relação dos treinos dominicais do 8º DBM

06/11 – Treino Ciclovias e Ciclofaixas

01ciclofaixas

Partida manhã – Estação Luz
Destino – Estação São Miguel
Linha 12

Nesse treino, os ciclistas se concentrariam na Estação da Luz, partindo as 7h00 da manhã, com destino a Estação São Miguel. Ao sair da estação os ciclistas seguirão até a Ciclovia do Parque Ecológico do Tietê, passando pelas principais Ciclovias e Ciclofaixas de Lazer da cidade, encerrando o trajeto no Parque do Ibirapuera.

13/11 – Templo Zu Lai

02zulai

Estação Jardim Silveira – Linha 08 da CPTM
Concentração: A partir das 7h30
Saída: 8h30

Após desembarcarmos na Estação Jardim Silveira, os ciclistas pedalam cerca de 10 km até o Templo Budista Zu Lai e de lá seguem para Embu das Artes, retornando a São Paulo pelo Taboão da Serra e Ciclovia da Eliseu de Almeida.

20/11 – Caieiras

Caieiras


Estação Jardim São Paulo do Metro
Concentração: 7h30
Partida: 8h30

Saindo da Estação Jardim São Paulo, os ciclistas seguirão até a Estrada Santa Inês, chegando a cidade de Caieiras, onde está o único Velódromo em atividade do Estado de São Paulo. O retorno será de trem a partir da estação da CPTM na cidade.

27/11 – Mogi das Cruzes (ou São Roque)

04jundiai


Ainda estamos negociando a possibilidade de uma operação especial para a CPTM viabilizar nossa ida a Mogi das Cruzes de trem. Caso isso não ocorra, iremos fazer o trajeto de São Roque, pela Estrada do Vinho.

Em tempo, todos os trajetos e treinos podem ser alterados pelos organizadores até o último momento, portanto as informações aqui só servem como referência, portanto é importante se manterem atualizados pelos emails e pelas informações postadas na página do evento no Facebook.

Se tem dúvidas sobre como voltar do litoral, por exemplo, acessem esse link onde tem as perguntas mais frequentes. Já para dúvidas sobre essa edição, use o campo de comentários, ou escreva para bicicreteiro@gmail.com.

André Pasqualini

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: