dbm

DBM é a abreviação de Desafio Bicicletas ao Mar, uma fórmula de treinos criada pelo ciclista André Pasqualini, para ajudar os ciclistas da cidade de São Paulo a percorrerem a Rota Márcia Prado, uma Rota Cicloturística de 100 quilômetros que liga as cidades de São Paulo a Santos.

A fórmula consiste numa série de treinos, num intervalo de 40 dias, que capacitam o ciclista a vencer o desafio. São treinos noturnos de 2 a 3 horas todas terças e quintas e 4 treinos dominicais (que duram o dia inteiro) antes de se realizar o Desafio. Os primeiros treinos são leves e vão tendo suas cargas aumentadas no decorrer dos dias. Desde 2012 André já organizou 6 eventos, com a participação de aproximadamente 800 ciclistas, sendo que a maioria conseguiu usar a fórmula para vencer o Desafio.

Percebendo o potencial da fórmula, porque não ajudar ciclistas de outras cidades? Mas como ajudar os ciclistas que moram em cidades litorâneas?

Respondendo as questões, primeiro é a criação de um aplicativo de celular, onde pelo próprio aplicativo o ciclista realiza uma pequena avaliação e com base na sua performance, receberá do aplicativo uma sequência de treinos a seguir, que poderá ser realizado sozinho ou em grupo, seja com amigos, ou com outros participantes que possuem tempos similares ao seu.

Já respondendo a segunda questão, a letra “M” é um coringa, que tanto pode ser “Mar” para aqueles que moram longe do litoral, ou “Montanha”, para aqueles onde o desafio de chegar pedalando até o mar não é tão grande assim.

Em cada capital que passarmos, durante os 30 dias que teremos para realizar outros trabalhos, iremos mapear diversos circuitos que possam servir, tanto para um passeio noturno (que varia entre 20 e 30 kms) como rotas cicloturísticas que poderão ser usadas nos treinos dominicais. Cada rota traçada receberá uma categoria que vai de 4 (mais fácil) até 1 (mais difícil), usando a mesma dinâmica do Desafio realizado em São Paulo.

Essa será uma forma de tornar o Desafio totalmente gratuito, estimulando não apenas a prática do Cicloturismo, como fomentando ainda mais o uso da bicicleta em nossas cidades. Não deixe de visitar a página do Desafio Bicicletas ao Mar, aqui mesmo no Blog, para saber mais sobre o DBM.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *