capa_livro_ciclos

Capa do livro, com texto de contracapa do jornalista Milton Jung

Participe da campanha para imprimirmos esse livro, mais detalhes no final da página.

O livro “A Vida em Ciclos” tem esse nome porque a minha vida (assim como da maioria de vocês) foi marcada por vários ciclos e para encerrar esse último ciclo que vivi, resolvi fazer uma viagem onde pedalei por quatro biomas brasileiros, Pantanal, Amazônia, Cerrado e Mata Atlântica. Para maiores detalhes sobre a viagem, acesse a página do Projeto Biomas aqui mesmo no blog.

Foram 106 dias de viagem sobre uma bicicleta e mais uns 3 meses numa outra viagem, dessa vez na frente do computador, tentando colocar no papel todas as emoções que vivi durante essa minha curta saga.

A primeira versão do livro saiu em 2012, fiz uma pequena tiragem de 50 exemplares de uma versão PB sem fotos, mas achei que o livro acabou perdendo muito da sua história sem o complemento das imagens. Em 2014 lá fui eu revisá-lo novamente e foram tantas alterações que resolvi dar um basta, senão o livro não acabaria nunca. Agora em janeiro de 2016 encerrei o livro. A versão digital é de graça, e você pode baixá-la clicando aqui.

Imprimir um livro no Brasil não é simples, mesmo uma versão em PB digital, o custo não sai por menos de 30 reais e a qualidade é questionável, para compensar uma impressão na gráfica, é preciso fazer uma tiragem de no mínimo 1000 exemplares, como isso está fora de cogitação no .

Faremos uma campanha para tentar vender mil exemplares até 31 de setembro de 2016, se atingirmos essa quantidade, faremos a impressão do livro e vocês receberão em suas casas. Esse dinheiro ficará preso em nossa conta Moip até essa data ou até atingirmos os mil exemplares, caso a gente não atinja, o comprador poderá receber seu dinheiro de volta ou doá-lo ao Projeto Brasil em Ciclos.

Meu conselho, primeiro baixe a versão digital gratuitamente e se achar que vale a pena comprar o impresso, basta ir até a nossa loja e realizar a compra. O livro tem um formato revista e possui muitas fotos, vi alguns parecidos em livrarias e nenhum custava menos de 100 reais.

Espero que você curta o livro e caso queira deixar sua opinião, volte aqui e use o campo dos comentários, pois terei um enorme prazer em dividir com vocês todas minhas emoções.

André Pasqualini

Comments

Bronca(s)

13 thoughts on “A Vida em Ciclos

  1. Fábio Aguiar

    Amigo, tentei baixar o seu livro (a vida em ciclos) em PDF mas o link disponibilizado cai em uma página de erro. Tem como passar o link correto? Li o post e fiquei doido pra ler o livro.

    1. André Pasqualini Post author

      Tudo em meu blog está sofrendo mudanças, inclusive meu livro, preciso fazer algumas alterações no texto e por isso tirei a versão antiga do ar. Peço desculpas mas espero que até o começo de outubro esteja tudo em ordem novamente. Abs

  2. Cícero Soares

    Cara… Acabei de ler, a toque de caixa, esse seu primeiro livro digital, Sonhar (Cananéia, ah, Cananéia… Tenho lembranças importantes de lá, de meados dos anos 80, e… Bom, deixa pra lá.) E, sim, concordo, sem me furtar de dizer com toda franqueza, você deve realmente reeditá-lo, com as devidas revisões.

    Olha, me agrada muito esse tipo de relato, digamos, de origem, de como tudo começou, essas coisas. Gosto da intensidade, da força “bruta” (hormonal? rs.) deles, característico, aliás, ao próprio espírito de aventura, de desbravamento, que sempre se vê às voltas com a improvisação, não obstante todo o planejamento antecipado. Mas…

    Mas há alguns trechos, principalmente opinativos, que parecem destoar. Acrescentados anos depois, dez anos depois? Bom, não posso afirmar com certeza. De qualquer forma, as palavras de 10 anos acerca do ocorrido e pensado 10 anos atrás não costumam mesmo manter o mesmo tom, não é verdade? E isso também vale e mais ainda pra 20 anos depois, fato.

    Mas, enfim, cara… há muito tempo um relato assim não me cativava tanto assim.

    Abraço.

    Ah, deixa eu explicar um pouco como “cheguei aqui”, o que talvez ajude a explicar também o motivo de o seu livro ter me cativado:

    Após 25 anos, voltei a pedalar. Não tem duas semanas. Mas voltei (e tive que voltar) todo equipadinho. Muito coisa mudou, né? Antigamente tudo era tão simples, tão inocente… E agora… que seriedade! Mas entendo por que tem que ser assim. Entendo que a questão da mobilidade urbana está na ordem do dia, que o auge da carrocracia está num ponto de inflexão inevitável, que o cicloturismo não se resume a ser apenas mais uma jeito bacana de se fazer de turismo, e por aí vai.

    E entendo mais e melhor pois, ao lado dessa decisão pessoal que tomei (de pedalar regularmente nas madrugadas paulistanas da zona oeste, como início de “tratamento” contra minha condição sedentária de roteirista e os malditos maços de cigarro associados a ela, com pioras visíveis em momentos de crises criativas), resolvi também reconhecer o terreno de toda essa nova cultura das magrelas.

    E que terreno! O Willian Cruz do Vá de Bike, o Ciclocidade, a Bicicletada (Critical Mass) e você estão sendo referências indispensáveis. Pra não dizer das mais saudáveis, viu? rs.

    Enfim, outro abraço.

  3. Pingback: Lançamento do livro A Vida Em Ciclos | O Bicicreteiro

  4. Pingback: Campanha Bicicletas de Natal, a entrega | O Bicicreteiro

  5. Daniel Cantarella

    …Oi André, tomei conhecimento de sua aventura esse mês e estou lendo todos os dias do blog. Já baixei o livro e com certeza qq quantia depositada por mim será insignificante perante as informações contidas. Experiências de vida e aos bikers adeptos ao cicloturismo e confesso que vc foi o start definitivo para eu mergulhe na fusão de algumas paixões da minha vida, pedalar e natureza. A rota dos biomas eh extremamente sugestiva. Abç…

  6. Pingback: Qual a essência do Cicloturismo? | O Bicicreteiro

  7. Pingback: A arte de torcer e distorcer as estatísticas | O Bicicreteiro

  8. Pingback: Não deu, mas valeu… | O Bicicreteiro

  9. Pingback: Minha mãe natureza, só ela para me ajudar | O Bicicreteiro

  10. Pingback: Cicloturista lança projeto de financiamento coletivo para lançar livro - Bikemagazine

  11. William Antônio

    Eu doei um pouquinho, mas com mais pessoas podemos fazer a diferença! Espero que dê certo seu projeto.

    Aproveitando, obrigado pelo Blog e torço para que um dia esse mundo mude para melhor e tenhamos muito mais bicicletas no Brasil.

  12. Pingback: Ajudem-me a publicar o livro A Vida em Ciclos | O Bicicreteiro

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: