Quixoterapia

Perdemos? Pelo menos eu tentei, mesmo sabendo que a estupidez humana e o “progresso” falariam mais alto. Minha consciência está tranquila…

10 thoughts on “Quixoterapia

  1. Luis Gustavo

    Quando a Natureza resolver se vingar de toda a ignorância que sofre pelas mãos do Homem, que Deus tenha piedade de nós…

  2. valdinei calvento

    Ando todos os dias pela Marginal entre as pontes do Tatuapé e Aricanduva, na hora do rush não mudou nada, continua tudo igual, aliás pior, porque com toda certeza afirmo que a quantidade de carros trafegando por lá aumentou e muito.

  3. Pingback: Sobre a vida (ou força, Tomás) « Outras Vias

  4. Lívia Araújo

    Acho que a sequência não acaba aí. Porque logo mais aquele único carro flagrado na foto serão muitos e aquela devastação inicial não dará vazão ao “fluxo”. E aí será “preciso” devastar mais. E mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.