Vamos chegar pedalando em São Paulo?

Tá feito o convite, depois de 4000 kms pedalados, já é possível prever minha chegada a São Paulo e ficarei muito feliz se eu entrar na cidade na companhia de amigos, principalmente daqueles que estão me acompanhando pelo Blog desde o início da minha jornada.

Agora parto para o Jalapão, depois Chapada dos Veadeiros, Brasília, Minas e pretendo chegar dia 23 de fevereiro (quarta) em Pouso Alegre. De lá sigo na quinta para Paraisópolis e entro na rota do Caminho da Fé, pedalando até Campos do Jordão, cerca de 90 kms. Nesse dia vou encarar a maior montanha da viagem, chegando a 1900 metros de altitude.

Na sexta (dia 25) saímos de Campos do Jordão e pedalamos até São José dos Campos e no sábado (dia 26) seguimos para São Paulo, onde podemos até agitar uma recepção pra comemorar essa que não será apenas uma conquista minha, mas de todos que de alguma maneira colaboraram com a viagem.

Fica o convite, vamos usar a página desse post, nos comentários para agitarmos essa mini cicloviagem em grupo? Fiz os cálculos e o trajeto deve dar cerca de 280 kms. Irei adorar ter a cia de tantos amigos na chegada e tenho certeza que quem for vai adorar a viagem e o desafio de encarar essa mega montanha.

E aí? Vamos? Como diria nosso Mestre Libélula: (explicações só pessoalmente)

EU VÔ!

15 thoughts on “Vamos chegar pedalando em São Paulo?

  1. Marcio Rissardi

    Fala querido André,

    Caraca, caraca, caraca. Um dia de cada vez!!! Pode chorar espernear,a mas um dia de cada vez. Quando deixei Minas após cinco anos, deixando tudo prás, aqui em Sampa chorava todos os dias e achava que não ia conseguir. Hoje tiro onda e dou risada do perrengue e procuro nunca esquecer como foi para varolizar cada coisanha que rola na minha vida. Não há mal que dure, não há alegria que dure o que existe é que exite mal no bem e bem no mal. Cabe a cada um saber dosar de maneira suave o fazer com que a vida faz da gente. As vezes ela te joga no chão com um golpe rápido e de impossível defesa e fica te olhando ansiosa para te ver levantar, ou melhor de que maneira você levanta. Como te coloca lá em cima e você perde os modos e termos. No final é tudo uma grande brincadeira que insistimos em levar a sério e de maneira rabugenta. Como alguns animais que querem apenas brincar e ficamos assustados e reagimos por medo indo pra cima. Claro que não estou falando da paçoca de mutuca!!! Sei que esta entendendo. O que eu sei é que você tem o seu valor, pode não perceber isso, pode não acreditar, pode uma porrada de coisa, pra mim continua tendo seu valor!!! Como já disse não o perca, isso faz você especial, assim como todos, você sabe qual é, não faça como a maioria que sufocam seu valor. E, caraca, caraca, caraca, voltando ao começo, putz desculpa esfarrapada a do Aragonez, fugindo do paredão (subidãoKKK) Será que foi o tombo Felipe da manutenção??? Vamos pedalar com o André pessoal e vamos fazer recepção sim para você, nem que seja recepção de um ou dois ou de quantos aparecer!!! Foca, nisso, um dia de cada vez e a cada dia isso será mais difícil ao se aproximar de Sampa. Por isso, estando com os amigos e pessoal que acompanha o blog, como te conheço, você não vai deixar ninguem pra traz, nunca deixou. Pode xiar o quanto quiser, ou de Pouso Alegre, Paraisópolis ou São José eu vou te encontrar para voltar para sampa pedalando. Rs agora se vira para se livrar…vamos lá pessoal vai ser muito bom para todos. Abraço forte André, fica com Deus e se tiver que dispirocar escreve aí, comunica homem. E como anda as $$$ contribuições!!! Fala aí sem marra!!!Reuno algo novamente. Se comunica, caraca, caraca, carara…rs

    Mansidão Suave

    Márcio Rissardi

  2. Felipe Aragonez

    Pasqua,
    O Poço volta de viagem dia 26/02, junto com com vc, hahaha.
    O CicloBR deve fazer a Rua Viva com o Gol de Letra dia 26 também, até às 15h00. O que você acha da gente unir tudo? Ou fica uma bagunça?

    Acho que você deveria chegar num domingão.

    PS.: Não estou fugindo, é que conheço esse morro e ele deve ser encarado de 5 em 5 anos, rsrs!

    Abraços,

    1. bicicreteiro

      Putz brother, não vou adiar a chegada, se pudesse antecipava. Não acho melhor unir as coisas, pior que o cafofo deve estar uma zona. Melhor desencanar de recepção então, quem estiver comigo a gente para em algum lugar, toma uma cerveja e peço pra minha família me encontrar lá.

      Perto da volta eu vejo como fazer isso. Abs

      1. Felipe Aragonez

        Relaxa Pasqua! Vamos fazer a recepção sim. Nada está confirmado no dia 26.
        Mas vamos agitar algo sim. Não desanime. Que tal o ponto de chegada ser no Monumento às Bandeiras?
        Aí depois da recepção a gente vai para algum bar e vc chama toda sua família, o que acha?

        Abraços e vamos fazer festa sim! vc merece!

  3. Tom Bike

    André, vai chegar em São José dos Campos pela terra? Vai pegar a Transvárzea para evitar a beira da Dutra, tem o trajeto em algum lugar? Já tem onde ficar em São José dos Campos? 😉

    1. bicicreteiro

      Brother, terra só pra subir o morro que o Aragon esta fugindo e pedalando. Depois só asfalto até sampa. Algumas pessoas de São José já disseram que eu teria pouso, mas não sei agora já que teremos mais pessoas. Vamos ver quantos seremos e se voce puder dar uma força, eu agradeço desde já. Abs

  4. Felipe Aragonez

    Pasqua, estou fora daquela piramba. Já sofri uma vez, a próxima só mais para frente. Você vai pela terre ou pelo asfalto?
    Se quiser pagar realmente os pecados, vá pela terra, mas não vai pedalar nada em cima da bike. hehehe
    Então o ponto de encontro será dia 24/02 em Paraisópolis e a chegada no sábado dia 26/02?
    Acho que a recepção tem que ser num lugar aberto para ter link ao vivo e muuuita gente.
    Abraço

  5. Felipe Aragonez

    Pasqua, vai ser essa data mesmo?
    Te encontro em Campos do Jordão dia 25, ok?
    Vamos agitar algo com o Instituto, jogar na mídia. Onde quer que seja a chegada final? Na casa da sua mãe?
    Vamos falando.
    Abraços.

    1. bicicreteiro

      Oi brother, vai fugir da escalada? Rs. Aproveitando, vou mudar o ponto de encontro para ser direto em Paraisópolis, só peço o favor para voces verificarem se tem onibus de Sampa direto pra lá e mandar as infos aqui nos comentarios.

      Quanto a recepção, combina com meu parceiro de cafofo, o Rafa Poço, ele conhece varios lugares onde podemos fazer a recepção. Acho melhor ser ali na ZN ou mesmo no Centro. Mas ele é a melhor pessoa pra agitar isso. Assim que houver um local a gente divulga aqui. Abs

  6. Cláudio Lins

    Vi o link deste blog na comunidade do Orkut: Passeios Ciclísticos em SP.
    Na comunidade com certeza tem muitos voluntários para acompanhar, por favor se possível for coloque um post na comunidade para os membros acompanharem a sua volta e conhecerem o projeto.
    Lamento não poder participar, pois estarei de férias neste período no Maranhão.

  7. bicicreteiro

    A gente começa a discussão aqui e depois que tiver afinado vamos para o resto das redes. Mas não tem segredo, só colar se programar para estar em Pouso Alegre (ou Paraisópolis) no dia 23 de fevereiro e no dia seguinte partimos rumo a Campos do Jordão.

  8. Marlene

    André, explica melhor, no Facebook, onde vc preferiria que a galera começasse a te fazer companhia e assim a gente vai compartilhando também por lá.

    Parabéns desde já.

Deixe uma resposta para Tom Bike Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.