Desafio bicicletas ao mar

Basta alguns quilômetros vencidos por quem acabou de entrar no mundo dos pedais para criarmos nossos desafios. Comecei a pedalar de verdade em 1993 e com menos de duas semanas de pedal surgiu o meu primeiro sonho, chegar ao litoral pedalando.

Para os leitores que não conhecem a cidade de São Paulo, estamos no Planalto Paulista, numa altitude média de 750 metros, a cerca de 100 quilômetros do litoral, portanto para atingirmos a praia temos que descer a Serra do Mar.

Minha primeira tentativa de chegar ao mar foi em 1994, vencemos a serra mas a viagem foi abortada a uns 30 quilômetros do Litoral, na cidade de Cubatão. Os motivos eu narro no meu primeiro livro. Dois anos da frustrada tentativa, finalmente cheguei ao litoral em janeiro de 1996. Depois que realizei esse sonho, parecia não existir mais limites para mim. Basta ver o que minha vida virou depois dessa viagem.

Apesar de todos os desafios que já superei, sempre tive vontade de saber quanto tempo eu levaria num pedal de São Paulo até o Litoral, com o único objetivo de percorrer o trajeto no menor tempo possível.

Por isso no dia 23 de fevereiro de 2012, pedalei até a estação Jabaquara do Metrô. No canteiro central da avenida tirei uma foto de um relógio que marcava 7h37. Depois disso subi na bike e soquei a bota.

Imigrantes, Estrada de Manutenção, Cubatão… Entrei na cidade de Santos e pedalei rumo à balsa que realiza a travessia entre Santos e Guarujá. Durante o trajeto coloquei os pés no chão, uma vez na Imigrantes (porque meu boné voou) e outras duas vezes em Santos devido aos semáforos. Ao chegar na entrada da balsa havia um relógio que marcava 10h37.

Foram 80 quilômetros pedalados (clique aqui para ver detalhes da rota) e foi bom superar as expectativas, pois esperava percorrer o trajeto em 4 horas. (Nas fotos, a hora é a da máquina digital)

Este slideshow necessita de JavaScript.

Aventura sim, mas com prudência já que estava sozinho e no caso de um acidente, provavelmente não teria nem como acionar alguém. Por isso percorri o trecho de serra com muita cautela, em compensação, soquei a bota no trecho de Planalto e na baixada.

Mas e você que esta iniciando no pedal, qual o seu desafio pessoal? Que tal um desafio até o mar também?

O objetivo desse post não é me gabar, até porque esse tempo pode ser (e será) batido facilmente. Meu objetivo é jogar lenha na fogueira, deixar a galera com água na boca e motivá-los a buscar a realização dos seus sonhos.

Você também tem um sonho de chegar pedalando no litoral? Então se prepare, pois no dia 15 de abril de 2012 pretendo levar uma turma de ciclistas iniciantes pedalando de Sampa até a Praia. Da mesma forma que ocorreu comigo, esse também pode ser seu grande desafio.

Do dia da publicação desse post, restava um mês para o pedal. Se você esta a fim de encarar, a principal pergunta que você precisa se fazer é – “Consigo pedalar num domingo uma distância de 40 a 50 quilômetros sem grandes dificuldades?” – se a reposta é sim, com certeza você conseguirá chegar ao mar.

Já estou com a autorização para passarmos pelo Parque da Serra do Mar e criei esse evento no Facebook para saber o nome da galera que realmente vai, pois vou precisar preencher um formulário com o nome e assinatura de todos.

Pretendo também organizar uns pedais dentro da área urbana de São Paulo. Também irei organizar uns encontros onde darei dicas de como deixar sua bike no esquema para a viagem, além dos cuidados necessários para realizar sua primeira cicloviagem sem maiores problemas.

O pedal será no domingo, dia 15 de abril. O ponto de encontro será as 7h00 da manhã na Ciclovia da Marginal Pinheiros, junto ao acesso da Estação Vila Olímpia.

Faremos o trajeto da Rota Márcia Prado (veja o trajeto) e espero um grupo de 100 ciclistas. O final da viagem é na Praia de Santos em frente ao Canal 1, com previsão de chegada as 16h00 do mesmo dia. A distância, para quem sair da Vila Olimpia é de 100 kms, já do Grajaú é 80.

A volta será por conta de cada um, mas a maioria voltará de ônibus até o terminal Jabaquara, como provavelmente também farei.

Dicas

Quanto melhor seu condicionamento, mais tranquila será sua viagem. Se de hoje até o dia 15 de abril, você pedalar um mínimo de 3 vezes por semana, somando um total de 100 quilômetros por semana, conseguirá fazer o pedal com um pé nas costas.

No domingo que antecede a viagem (8 de abril) irei realizar um longo pedal por São Paulo, levarei a galera para pedalar pelas Ciclovias e Ciclofaixas de lazer da cidade, um trajeto urbano que irá beirar os 100 quilômetros. Quem realizar todo o pedal, sem a necessidade de desistir no meio do caminho voltando de Metrô, conseguirá chegar à praia.

Tire suas dúvidas nos comentários do blog e no evento do facebook.

Quanto?

O pedal é gratuito, no máximo que irá acontecer é que com certeza irei serrar umas cervejas e uns camarões da galera nos quiosques na praia. Estou pensando em fazer umas camisetas do passeio, como provavelmente teremos outras pessoas fazendo o mesmo trajeto, será mais fácil identificar quem está no nosso grupo ou não. Se rolar as camisetas vou orçá-las e ratear os valores. Aceito sugestões e voluntários para cuidarem da arte para as camisetas.

Eu irei fechando o grupo e terei a ajuda de alguns ciclistas experientes pois não será fácil ser babá de uns 100 ciclistas.

O primeiro passo foi dado, agora é só ir até o Facebook e confirmar sua presença. Se não tem “feice”, mande um email para bicicreteiro@gmail.com que eu te coloco na lista. E acompanhe o que rola aqui no blog e no evento do facebook para saber novidades do passeio.

André Pasqualini

26 thoughts on “Desafio bicicletas ao mar

  1. Pingback: Qual a essência do Cicloturismo? | O Bicicreteiro

  2. Pingback: Vem aí o 2º Desafio Bicicletas ao Mar | O Bicicreteiro

  3. leandro

    Bom dia André.
    Li sua matéria e gostei muito, comecei a pedalar a pouco tempo e tbem gostaria de descer a serra do mar, gostaria de algumas dicas sua. Tenho uma turma de uns 15 malucos que pedalam muito. Pedalo uns 25km por dia, acho que até aguento chegar mas tenho que treinar um pouco mais p esse façanha.
    Como consigo essa altorização p descer a serra?
    Obrigado
    Leandro
    leandroimagens@yahoo.com.br

  4. Eli Aguero

    Olá, estou bem interessado em fazer essa descida com vcs, estou pedalando todos os dias um média de 20km e nos finais de semana 50km.
    2 Dúvidas:
    O Caminho é todo de asfalto? Meu pneu é fino e se tiver terra fofa ele afunda demais….
    A ciclovia da marginal está fechada para manutenção na linha do trem o ponto de encontro vai ser onde?

  5. Teresa Sanches

    Oi André,

    Te acompanho pela internet e por influencia de amigos como o Odir rsrs
    Vou participar do desafio pela primeira vez e estou me preparando, pedalando 3 vezes por semana e tudo mais. Só tenho uma dúvida: o ponto de encontro está marcado na estação vila olimpia da CPTM, mas como sabemos a ciclovia está fechada aos domingos. Eu moro na estação jurubatuba do trêm e gostaria de saber qual é o caminho que vocês vão fazer, já que a ciclovia vai estar fechada. Pensei em encontrar vocês na estação jurubatuba, seria possível??? Anciosa pelo domingo!!! Bjoss

    1. bicicreteiro

      Estou negociando com a CPTM um esquema especial para podermos usar a Ciclovia, até porque quando marquei o evento não sabia que iriam desativar a ciclovia, do contrário teria adiado. Mas no seu caso, o melhor é nos esperar, por volta das 8h00 da manhã lá da saída da Ciclovia junto a Miguel Yunes ao invés de ir pedalando até a Ciclovia.

      Abs

      André

      1. Teresa Sanches

        Valeu André!!!

        Mas agora com a mudança, se ter certo o caminho que quer fazer pela estrada de terra, do outro lado da marginal, onde tem o projeto Pomar, onde eu encontro com vocês?? Não conheço esse caminho e não sei se vão atravessar para o outro lado em algum momento e ai encontro vocês no mesmo lugar, na saida da Ciclovia, na Miguel Yunes??
        Mais uma vez, obrigada!!
        Bjoss

  6. Dr.Fernando Andrade

    OBS , eu estou achando muito pouco 40 km para descer a estrada de manutenção falta de capacete ,luvas,roupas adequadas ,hidratação, bicicleta com bons freios, pneus bons ,camara de ar de reserva,bomba, remendo etc. muito cuidado nas descidas pois é escorregadio e tem muita vegetação no solo ,não foi dito nada das subidas que são bem ingreme ai pega a falta de uma mega ramger depois sai na balança dai até Santos é bem longe sem contar o calor
    fiz essa rota da manutenção mais de 10 vezes a ultima faz uma semana Dr.Fernando

  7. Francelino Guilherme de Oliveira

    André meu camarada,
    Estou contando os dias para a descida, ja fiz várias descida pela Imigrantes durante a madrugada ( os guardas faziam que não estava vendo e eu tmbm heheheh ) porém depois que meu mano casou e eu também a ultima viagem foi para Poramgaba. Estou procurando ciclistas que curtem estrada ( nada de speed ) para uns passeios, mas aqui na zona oeste ( Osasco, Carapicuiba, Barueri e região ) ta dificil!! Se conhecer me avise ficarei grato francelinoguilherme@ig.com.br
    Agora me tire uma dúvida recebi informação do pessoal da EMAE que o caminho do mar esta fechado por deslizamento ta correta esta informação?

      1. Francelino Guilherme de Oliveira

        OK!!! muito show,
        gostaria muito de participar do passeio para o solo sagrado mas estarei com meus filhos ( sabe como é não basta ser pai ) vou tentar dar uma escapadinha para treinar na região de Barueri. Mas pode contar comigo na próxima!!
        grande abraço

  8. André Luis de Lemos

    Olá André,

    Eu me inscrevi no Face, para fazer essa descida. Mas confesso que estou “recesoso” , pois estou apenas retomando os pedais, após uma “parada” de uns 3 anos.
    Tenho pedalado entre 15 e 20 Km a cada pedal, no máximo 2 ou 3 vezes por semana, aqui em Osasco, onde moro.
    Ontem pedalei cerca de 25 Km na Ciclofaixa [do Villa até o Ibirapuera] com a minha esposa (que acabou sendo “atingida” por um daqueles “malucos” que acha que a ciclofaixa é pista de treino e tomamos um belo “Capote”. Resultado: Ela, novata no pedal, está com uns 20 hematomas pelo corpo e já dizendo que “nunca mais vai pedalar por lá”. Ficou o trauma).
    Mas retomando à travessia para Santos: Vi hoje no Blog o seu plano de treinos e oficinas.
    Infelizmente não sei se vai dar para comparecer e fazer os treinos, por questões de horário de trabalho, localização (estou em Osasco e é difícil chegar ao Ibirapuera até as 20h), etc…
    Mas vou continuar com meus pedais por aqui, aumentando gradativamente até o dia 15, os meus percursos. Quem sabe vai dar para ir no passeio ao Solo Sagrado no dia 06.
    Seria legal se vc pudesse postar no Blog, algumas dicas específicas dos treinos de Subida, Tiros, etc. e os resultados que precisamos alcançar em cada um deles, para quem, como eu, fica “impedido” de acompanhar os treinos pessoalmente, possa praticar e ver “se aguenta o tranco”. #ficaadica
    E bora treinar.
    Abs.

    André Lemos

    1. bicicreteiro

      Oi André, a gente acaba saindo no máximo 20h30, se for chegar perto desse horário dá para segurar um pouco. Se você aguentar de boa o pedal do Solo Sagrado, tenho certeza que você conseguirá realizar a viagem.

      Sobre dicas de exercício, dificil escrever, pois geralmente eu tenho que observar o ciclista pedalando e corrigí-lo. Mas vou tentar escrever algo mais pra frente, depois da viagem.

      Abs

    2. Francelino Guilherme de Oliveira

      Caro André,
      estou procurando pessoas aqui da região ( Osasco, Carapicuiba, Barueri ) para fazer uns passeios de bike, moro em Barueri e ta osso de achar a galera! se for ao passeio do dia 15 e for interessante para você podemos combinar um lugar para se encontrar.

      1. André Lemos

        Francelino,

        Moro aqui no Bela Vista, em Osasco. Tenho treinado duas ou três vezes por semana para tentar fazer o Desafio Bicicletas ao Mar. Mas realmente, pedalar aqui no meio desse trânsito, não é fácil.
        Descobri recentemente que tem um grupo de Bikers se reunindo toda quinta-feira às 19:30h. em frente à Prefeitura de Osasco e fazendo um passeio legal pelas principais ruas e avenidas de Osasco. Na última semana, já eram mais de 30 Bikers. PArece que está aumentando. Aparece lá. Na próxima quinta eu quero estar lá.

      2. Francelino Guilherme de Oliveira

        Muito obrigado pela dica, esta galera tem blog, faceBook ou algo do tipo para contato? se tiver me passe por gentileza

      3. Francelino Guilherme de Oliveira

        Meu jovem ja achei a galera espero te encontrar lá!
        OZ Bikers

  9. Pingback: Oficina de Cicloturismo – Desafio Bicicletas ao Mar | O Bicicreteiro

  10. krishnarupa

    Andr’e,

    Já venho te acompanhando a um tempo e estou determinado a fazer essa descida juntamente com a minha esposa. Estou também tentando trazer alguns amigos meus que também pedalam para descer…

    Eu gostaria de ajudar mais com a organização, se você tiver alguma tarefa que necessite de ajuda durante os preparativos me avise, Ok??? Meu e-mail é krishnarupa@gmail.com.

    Abraços e parabéns pela iniciativa!!!!

    Igor

    1. bicicreteiro

      Valeu Igor, vi que você já esta cadastrado no evento do face, por enquanto ajuda só mesmo na divulgação, mas conforme a massa for aumentando e mais próximo do evento, vou precisar de toda ajuda disponível. Vamos nos falando.
      abs

  11. Cesar Augusto

    Olá André;
    Acompanho você a um tempão, mas sempre pela internet, instituto ciclobr, discussão sobre as ciclovias, etc…
    Já andei muito de bike, e pelo incrível que pareça, comprei a minha bicicleta “Top” a uns 15 anos atrás justamente para descer a serra, coisa que nunca fiz…
    Andei muito no Sampa, CAB, LOKO, fazia os percursos dando risada, mas faz uns 5 anos que as minhas saídas se limitam ao parque, sabe Deus quando…
    Aí danou-se, chegou o sobre peso, e a minha autonomia está se limitando a sair do mesmo ponto de onde você partiu pra descida (moro a 300m do posto policial) a no máximo o parque Vilalobos com retorno pela CPTM.
    Não tive coragem de encarar as Edições da rota Márcia Prado, mas fiquei morrendo de vontade.
    Que nem agora.

    Um abração,

    Cesar Augusto

    PS:
    Perdi o link (na troca do computador) de um site antigo em que tinha um video gravado na marginal pinheiros próximo ao Transamérica em que tomava um fechada de um ônibus…
    Adorava aquele site e sempre mostrava para as pessoas como exemplo. Ainda existe?
    Até mais.

    1. bicicreteiro

      Você já é ciclista e o condicionamento está aí, você só precisa de um pouco de treino. Tem um mês para a descida, pedale todos os finais de semana até lá. Vou organizar alguns pedais durante a semana também para o pessoal ir treinando. Participe dos eventos testes e com certeza você poderá usar sua bike para aquele objetivo inicial.

      Sobre o site do CicloBR, enquanto eu administrava antes de ser Ong e até mesmo depois, enquanto estava na ong eu cuidava do conteúdo. Depois que saí não sei que aconteceu com ele, mas é só continuar acompanhando o meu blog, pois quem escrevia lá era apenas eu, portanto dá na mesma.

      Abs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.