Ciclovia da CPTM será fechada por 8 domingos

Atualização dia 30 de março de 2012: Apesar do cartaz informar que a Ciclovia seria fechada as segundas, não houve necessidade e ela só continuará fechada aos domingos.

Hoje recebi essa notícia que devido a obras que estão sendo realizadas na linha esmeralda da CPTM (aquela da Marginal Pinheiros), toda a operação da linha esmeralda será interrompida aos domingos. O problema é que para o trânsito de caminhões pesados, a Ciclovia da Marginal Pinheiros será fechada durante todo o domingo.

As consequências

Depois da inauguração do acesso a ciclovia junto a ponte da Cidade Universitária, principalmente aos domingos, ocorreu um boom de ciclistas dentro da Ciclovia, de 2 mil por domingo ela passou a receber mais de 10 mil.

A alegação para o fechamento é a segurança dos ciclistas, já que a pista será usada por máquinas para ir e vir.

A pista já é utilizada por carros de serviços, inclusive caminhões e realmente não vejo problemas no compartilhamento que já ocorre. A pergunta é porque tomar uma decisão tão extrema e não tentar um esquema estimulando a convivência?

Não haverá deslocamentos constantes de caminhões, podemos até ter grandes máquinas usando a pista em alguns momentos, mas elas ficarão maior parte do tempo paradas realizando as obras.

Acho um tremendo erro simplesmente fechar a Ciclovia, no mínimo a CPTM deveria pensar numa alternativa de compartilhar o espaço, algo que já vem ocorrendo e no caso de se realmente se constatar que esse compartilhamento causaria algum problema, , aí sim opte pelo fechamento que deveria ser sempre a última opção.

Espero que a CPTM reavalie esse seu posicionamento, até para não criar esse mal estar desnecessário com os ciclistas.

André Pasqualini

10 thoughts on “Ciclovia da CPTM será fechada por 8 domingos

  1. Francelino Guilherme de Oliveira

    Estou plenamente de acordo com o Bruno, de fato a ciclovia é publica e não propriedade da CPTM mas sim administrada pela tal, e por segurança acho plausivel tal ação de fechamento. Discordo do comentário da Carol em vários aspéctos até porque qual o real objetivo da ciclo faixa? É dificil pedir educação no transito aos demais veículos se somos incapazes de respeitar nossos semelhantes pelo simples fato destes utilizar a bicicleta de uma forma diferente, devemos dar o exemplo, velocista imprudente causa ações impensadas e acabam gerando problemas e dificuldades que refletem a todos do demais ciclistas.

  2. akiraware

    O pessoal da ciclovia informou que não fechara mais as segundas feiras, e hoje o trecho entre a USP e o Parque Villa Lobos já estava liberado para pedalar

  3. Bruno Taiar de Carvalho

    Hoje, segunda-feira, dia 26 de Março a ciclovia estará ABERTA NORMALMENTE, segundo o próprio funcionário que trabalha na guarita de entrada da passarela de acesso da Vila Olímpia.

    Não sei o que aconteceu, mas as informações estão um pouco divergentes. Já sabia que a ciclovia estaria fechada, como consta na menssagem da CPTM do post, e me preparei para um caminho alternativo. No entanto, no “bom dia São Paulo”, da globo, a apresentadora disse que a ciclovia estava aberta. Olhei o Estado de S. Paulo e, no caderno metrópole, estava publicado que a ciclovia estaria fechada. Enfim, meio confuso isso tudo.

    Quanto à interrupção aos domingos é uma pena. Fiquei impressionado com o dado que o André colocou sobre o aumento de 2 mil para mais de 10 mil pessoas utilizando a ciclovia aos domingos. A questão do compartilhamento sempre deve ser colocada e perseguida, mas creio que as atividades de reparo da linha esmeralda irão demandar máquinas pesadas, além da utilização das áreas adjacentes à via férrea. Como o espaço entre a via e o rio é um pouco apertado talvez seja mais prudente interromper o fluxo dos ciclistas. Mas é uma pena.

    Queria fazer um comentário sobre o que a Carol Souto comentou. Disse ela que: “Já tem muita gente sem noção que anda na pista da CPTM achando que está num parque.”

    Carol, a ciclovia é um espaço público, assim como um parque. Acho que devemos, antes de tudo, observar a falta que eles fazem em São Paulo e a riqueza que eles representam. No final das contas é nesses espaços públicos que as pessoas vão para fazer o que quiserem e de fato compartilharem esse espaço. Sim, muitas delas são, como vocês disse, “sem noção”. Creio que esse comportamento reflete a falta de espaços públicos de convívio na cidade, onde as pessoas possam fazer o que quiserem, respeitando os demais. O velocista com uma SPEED tem tanto direito de estar ali andando a 45 Km/h quanto a senhora que comprou uma bicicleta dobrável e anda a 10. O compartilhamento da via é responsabilidade dos dois e é disso que precisamos, espaço onde as pessoas se percebam, se respeitem…olhem uns nos olhos dos outros e convivam.

    Hoje em São Paulo, nada é de todos, mas tudo é de alguém. A praça é protegida e mantida pela empresa tal. A linha de metrô tal é administrada pelo consórcio tal. A bicicletada na ponte estaiada é patrocianda pelo banco tal…a cilcofaixa também…e por ai vai.

    Uma cidade sem espaços públicos produz pessoas “sem noção”…uma vez aproveitando a ciclovia como um desses espaços, cabe a nós conviver nela.

    Em tempo…a ciclovia vai fechar às 19:15 até o dia 01 de Abril. A partir do dia 02 de Abril fecha as 18:15.

    abraço!

  4. Alan Edgar Thisted

    Refletindo melhor agora… com a movimentação de veículos pesados, as condições da pista se deteriorarão. Espero que aproveitem para fazer uma manutenção e reparar alguns defeitos. Fiscalizaremos.

  5. Alan Edgar Thisted

    Como haverá movimentação de guindastes e trilhos sobre a ciclovia, a mesma tem que ser isolada nesses momentos mesmo. Sendo por motivos de segurança, não há muito o que questionar, reclamar ou especular, e sim torcer para que o prazo se cumpra.

  6. akiraware

    Tenho usado bastante a ciclovia inclusive aos domingos e realmente os carros respeitam os ciclistas e são bem cordiais.
    No entanto num dia em que o trânsito operacional deve ser bem maior e levando em conta o número de ciclistas aos domingos acho mesmo mais prudente manter a ciclovia fechada.
    O importante é que a CPTM tem se preocupado em nos manter informados sobre as ocorrências na ciclovia. Seria pior chegar lá e dar de cara com o portão fechado.
    A verdade é que a CPTM está aumentando o tamanho total da via, implantando novas áreas de descanso e novos acessos, instalando paraciclos e bicicletários ao longo do trajeto.
    Tem feito melhorias que merecem o nosso respeito e um pouquinho de compreensão.
    Ficar alguns domingos e segundas sem a ciclovia e em contrapartida ver a eficiência do sistema de trens melhorada é um pequeno preço a pagar. Nós sempre reclamamos que não á investimento na melhoria dos trens e dos metrôs, e essa manutenção é justamente para aliviar o sofrimento que o pessoal tem passado todos os dias da semana com os defeitos nas composições.

  7. Carol Souto

    Blza legal ter a pista, mas a pista é da CPTM, nao há oq se fazer, ou vc acha que seria melhor fechar depois de algum acidente fatal acontecer? Já tem muita gente sem noção que anda na pista da CPTM achando que está num parque (e mesmo estando em parque é preciso ter bom senso), imagina com alto movimento de caminhões indo e vindo…
    Ja acho bem bacana eles terem aberto e compartilhar com nós ciclistas… o que deve ser feito na verdade é abrir novas pistas e expandir por toda cidade locais para uso exclusivo de bicicletas…

    1. Carol Souto

      Nao acho nao Guilherme, quem tem acompanhado as noticias tem visto que as linhas da CPTM tem passado por inumeros problemas nestas ultimas semanas, hj mesmo deu problema denovo (trabalho em frente a estacao pinheiros e observo o elevado numero de pessoas na plataforma)… o negocio deles é o transporte de trem e é nisso que vao focar….

      E nao ha oque calar… nao iremos pra pista, iremos pras ciclofaixas, parques, ruas…. é uma manutencao apenas e um zelo sensato e devido apenas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.