Conheça o Projeto Bike Viva

foto01

Quem acompanha meu blog já ouviu muito falar do Desafio Bicicletas ao Mar (DBM) e da Campanha Bicicletas de Natal. De forma resumida, a ideia desse projeto nasceu depois que um casal que participava do 2º DBM foi assaltado no “peixão” na chegada a Santos, enquanto percorríamos o trajeto da Rota Márcia Prado, assalto esse realizado por crianças armados com “paus e pedras”. Nesse caso em questão a própria comunidade se mobilizou para recuperar as bicicletas, mas o fato deu início a uma discussão no grupo do DBM no Facebook sobre o que fazer para resolver essa questão.

Escolta da polícia? Seguranças armados? Andar em grupos numerosos?

foto02

Tenho uma visão de mundo muito peculiar, não consigo imaginar que outro ser humano pode trazer perigo a mim sem ter certeza das suas intenções. Das mais de 20 moradias que passei nesses meus 40 anos (sem contar as moradias temporárias em minhas cicloviagens), já fui do luxo ao lixo, do moderno e sofisticado ao simples e humilde, portanto sei que dentro dessas comunidades a proporção “pessoas do bem/habitantes” é muito maior do que encontramos em bairros chiques de São Paulo por exemplo. Acho que de tanto ser julgado pelo que tenho faz me fez olhar essas comunidades com muito mais carinho do que a maioria das pessoas, foi quando sugeri.

Como estamos próximos do Natal, porque não realizarmos uma campanha para doar bicicletas a essas crianças? Assim nasceu a primeira Campanha Bicicletas de Natal em 2012 quando arrecadamos 100 bicicletas em apenas dois dias, recuperamos cerca de 80 e doamos a uma comunidade rural que fica no trajeto da Rota Márcia Prado.

foto03

Sabendo que a alegria dessas crianças durariam apenas alguns meses até as bicicletas serem destruídas, pensei na possibilidade de equipar essas comunidades com uma bicicletaria comunitária e treinarmos os próprios jovens beneficiados para que eles conseguissem manter as bikes de todos em boas condições, para isso seria necessário nos organizarmos numa Ong. Dessa forma nasceu “Os Bicicreteiros”, nome que a própria galera envolvida na campanha acabou escolhendo e com esse nome realizamos a Campanha de 2013. Apesar do sucesso (recebemos em torno de 350 bicicletas e atendemos duas comunidades) não conseguimos formalizar a Ong e muito menos tornar o projeto permanente, então nos reunimos novamente em 2014 e assim nasceu o Instituto Cicloativo do Brasil.

Nosso primeiro trabalho seria transformar a Campanha Bicicletas de Natal em um projeto permanente e assim nasceu o Projeto Bike Viva. Nas reuniões surgiu mais uma ideia revolucionária, como uma das voluntárias da Ong trabalha com comercio internacional, porque não transformarmos um Contêiner numa oficina de bicicleta? Assim poderíamos instalar nas comunidades Contêineres Oficinas, criando bases do nosso projeto que também poderiam funcionar como apoio aos ciclistas que percorrem a Rota Márcia Prado.

p5

Mas para isso precisaríamos de uma base central, como desde o início tivemos o apoio da Secretaria de Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo, que para as primeiras campanhas cedeu um espaço numa passarela desativada da CPTM na Estação Pinheiros, tentamos novamente um espaço. O anterior na estação Pinheiros tinha vários problemas, para acessarmos era necessário passarmos pela área paga da estação, a logística para carregar e descarregar as bicicletas era muito complexa, sem falar na insalubridade que era trabalhar numa passarela sobre a Marginal Pinheiros com aquele barulho dos carros e principalmente expostos a poluição. Bastava um dia para as bicicletas estarem cobertas cocô de pombos, fuligem e poluição emitida pelos carros.

foto04

Com a ideia do Contêiner, fomos até o Metro apresentar a proposta e tentar uma parceria para encontrarmos um espaço mais central e de fácil acesso onde poderíamos instalar esses Contêineres e consequentemente tornar o projeto permanente. Nossa surpresa foi quando o próprio Diretor de Operações do Metro nos sugeriu um espaço que eu mesmo desconhecia. Uma praça que pertence ao Metro na estação Vila Mariana, ao lado do terminal de ônibus urbano.

imagemTerminal

Firmada a parceria, lançamos oficialmente no dia 16 de novembro a Campanha Bicicletas de Natal 2014, junto com o Projeto Bike Viva. Todos os domingos desde então, até o dia 14 de dezembro estamos nessa praça na Vila Mariana esperando suas doações. Aceitaremos tanto bicicletas como peças em bom estado e caso você não tenha mais nada para doar, doe sua força de trabalho, apareça em nossos mutirões e nos ajude na reforma das bicicletas.

foto05

Para maiores informações sobre o projeto, acesse a página do Instituto Cicloativo, nesse outro link você fica sabendo mais detalhes sobre a história do projeto e da Campanha. Já pelo grupo do Facebook você pode ficar sabendo dos mutirões extras que irão acontecer até o dia da entrega das bicicletas.

Estaremos lá até o dia 14 de dezembro recebendo doações, sempre aos domingos, das 8h00 as 17h00. O endereço do espaço é rua Dr. Pinto Ferraz, altura do número 150. Como agora o projeto será permanente, em 2015 iremos reabrir o espaço novamente, a princípio apenas aos domingos, mas iremos trabalhar para que o espaço seja aberto em definitivo e reentregue a população.

Esperamos a visita de vocês, aproveitem os próximos domingões e apareçam lá com suas magrelas.

André Pasqualini

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.