/* */

Esta decidido, depois de quase uma semana fazendo reparos na bicicleta, arrumando o bagageiro quebrado, comprando alguns equipamentos que deram problemas, estudando as possibilidades de se chegar a Cuiabá e conversando com cicloturistas que já atravessaram o Pantanal, cheguei a conclusão que o melhor a fazer será realizar o mesmo trajeto que o Yanko fez com um amigo na metade do ano. Esse é o trajeto.

São cerca de 560 kms essa travessia, sabendo que terei pelo menos mais 200 antes de entrar em definitivo no Pantanal.

Hoje saio daqui e sigo para Corguinho (terra natal do ET Bilu), de lá vou para Rio Negro e já faço meu primeiro pouso numa fazenda do Pantanal. Depois terei uns 400 até a divisa do estado e mais 140 de Transpantaneira no Mato Grosso até Poconé.

O desafio será enorme, creio que o maior que já enfrentei até hoje. Mas vou encarar, me preparei muito para isso e agora é confiar na minha experiência e na minha intuição.

Mas no cicloturismo temos que viajar um dia por vez e é isso que farei. Amanhã ainda poderei postar o relato de hoje e enquanto o Pantanal não chega, tenho um bom trajeto para pedalar.

Bora, pedalar pois já fiquei muito tempo parado, portanto até Corguinho.